quarta-feira, novembro 21

Dia da Consciência Negra é marcado com programação festiva

Consciência Negra
Em homenagem ao Dia da Consciência Nega, comemorado nesta terça-feira (20), a Prefeitura de Floriano, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e o movimento negro Casa de Dandhara, em parceria com Colégio Técnico de Floriano (CTF), realizou a abertura das atividades alusivas a Semana da Consciência Negra, que este ano tem como tema "De mãos dados por Igualdade e Respeito".

Durante a abertura, a secretária de Cultura, Esporte e Lazer, Elineuza Ramos, falou sobre a importância de debater o tema, as homenagens ao líder Zumbi dos Palmares, e o empoderamento da mulher negra. Também foram apresentadas parte das candidatas que disputarão o título de Beleza Negra 2018, evento que encerra a programação festiva do evento, no dia 29 de novembro, no Teatro Maria Bonita, bem como dramatizações e apresentações culturais.

A Semana da Consciência Negra contará com programação temática através de palestras, roda de conversa, mesa redonda, minicurso e apresentações artísticas e culturais como forma de despertar a consciência sobre a luta e a resistência da cultura negra.

quarta-feira, outubro 31

Dispersão Poética

Passaradas

Teus passos, poeta, são passaradas; de tuas doces madrugadas; a caminho do bem; em teus sonhos e paradas.

segunda-feira, outubro 15

Surto Poético

SURTO POÉTICO


Essas sombras, poeta, são mirantes; na fonte de teus horizontes; que acalma-te n'alma esses sonhos vibrantes.

terça-feira, outubro 9

Dispersão Poética

NO TEMPO DAS CALÇADAS

Dácio Melo (Filho de Mestre Walter)

Sintamo-nos à vontade, todos sentados em suas cadeiras nas calçadas conversando os mais variados assuntos. O véu da noite nos encobre mansamente. 
No Tempo das Calçadas

Na rua a meninada brinca animada as mais variadas rodas, chicote queimado, bombaquim dentre outras. Lá na calçada de seu Binidito Tibério, Djalma, Zulmirina, Gracinha, Danunzio, Tonho dos Reis e outros fazem outra roda de bate-papo. 

Na porta D. Maria e seu Binidito conversa com algumas visitas. A Lua com sua luz dourada e romântica aquece o frescor da noite embebido pelo cheirinho gostoso do mato rasteiro da cerca de seu Joãozinho. 

A noite avança mansamente, as brincadeiras se aqueitam de vagar, as mães zelosas dizem às crianças, já chega, vão todos se lavarem! Diante daquelas advertência, os vizinhos se dão conta do adiantado da hora. 

Boa noite daqui, boa noite dali e vão ouvindo como repostas um, mas tá cedo Comade Joaquina, num vá não cumade Inhá. Já tá tarde, cumade Lurdes, amanhã a gente continua. Boa noite Melo, boa noite seu Walter. 

Até amanhã! De longe a turma de Tibério, Djalma, Zulmirina, Zezé... olhando os mais velhos se arrumando, se despedem e recolhem à casa e aos braços de Morfeu.  

segunda-feira, outubro 1

Dispersão Poética


Apressa-te, poeta, pra o que ainda resta; ainda um pouco de tua quimera; mesmo que dure somente o (en)canto da Primavera.

sexta-feira, setembro 28

Riacho do Urubu

Dispersão Poética

Essas tuas águas, poeta, são bentas; pasto sagrado de tuas Margaridas; palco lírico de tua infância querida; que os anos, de sorte, te darão sempre guarida.